top of page

São necessários dez maracanãs para abrigar a população prisional brasileira

Com o substancial aumento de sua população carcerária em um período de 20 anos, o Brasil enfrenta dificuldades na disposição dos presos nas instituições penais do país. Atualmente, seriam necessários dez estádios do Maracanã para comportar a população que vive atrás das grades. A falta de estrutura e a superlotação contribuem para a insalubridade e dificuldade na ressocialização dos apenados, os quais, no Brasil, se equiparam, em números, à cidade de João Pessoa, com mais de 800 mil pessoas privadas de liberdade.

Dentre esses presos, o aprisionamento de pessoas negras aumentou por volta de 381% entre os anos de 2005 a 2022. Destaca-se esse último ano, o qual registrou uma série recorde em relação aos anos anteriores, com um aumento de 68%.

O Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública revela que o perfil de pessoas presas é constituído, em sua maioria, por jovens negros e evidencia o racismo estrutural e a seletividade penal na sociedade brasileira.


Para mais informações, acesse:


13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page