top of page

Pessoas presas estão condenadas a passar fome, afirmou o ministro Barroso

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luis Roberto Barroso, afirmou que pessoas presas estão condenadas a “passar fome” no sistema prisional. A afirmação foi durante o evento “A leitura nos espaços de privação de liberdade – Encontro nacional de gestores de leitura em ambientes prisionais”, realizado na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro.

O presidente do STF salientou que o sistema prisional é de interesse da sociedade, além de que “o sistema prisional brasileiro é talvez um dos temas mais difíceis e complexos e uma das maiores violações de direitos humanos que ocorrem no Brasil. Tanto que o Supremo Tribunal Federal, em decisão recente, entendeu que há um estado de coisas inconstitucionais no sistema penitenciário”. Para ele, enquanto não houver combate à situação degradante dos presídios, tem-se uma retroalimentação na crise da segurança pública brasileira. Dessa forma, para que a pessoa presa saia melhor do que entrou, é preciso investir na ressocialização, pois tem-se no espaço prisional uma busca pela recuperação e não de vingança contra a pessoa presa.


Para assistir a palestra na integra, acesse:








8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page