top of page

Inspeções revelam situação alarmante nos presídios brasileiros

Pelo menos 11 dos 12 estados da federação brasileira inspecionados pelo Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), órgão atrelado ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, registraram abusos, humilhações e violências dirigidos a população LGBTQIAP+ em situação de privação de liberdade no país.

Ademais, constatou-se que por muitas vezes a denúncia desses abusos resultam em mais malefícios do que benefícios à população LGBTQIAP+, sendo mais suscetíveis a castigos tanto da parte dos agentes penitenciários quanto da própria população carcerária. Contexto que reflete as violações de direitos já vivenciados do lado de fora das “grades”, e que se agrava quando indivíduos dessa população estão em situação de cárcere.


Para mais informações

UOL


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page