top of page

30 dias: mais de 600 presos e 22 mortos

Esses números impressionantes se referem à operação “Escudo”. A "operação Escudo" é resultado de uma resposta institucional a partir da morte de um soldado da polícia militar da ROTA do estado de São Paulo. Essa intervenção, inicialmente, tinha a intenção de levar à justiça os responsáveis pela morte do policial militar, porém mesmo esses sendo capturados nos primeiros dias, as ações continuaram e continuam na Baixada Santista.

A operação que ainda está em execução detém números alarmantes de 634 presos, 84 armas e 905 quilos de drogas apreendidas. Contudo, o número que mais chama atenção é o 22, quantidade de vidas perdidas, resultado de supostos confrontos, isto é, quase uma vida por dia de operação. O Ministério Público de São Paulo investiga essas mortes.


Para mais informações:


10 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page